Craques lusas avaliam nova tática
03/03/2016

Dolores Silva e Tatiana Pinto falam da boa exibição de Portugal frente à Rússia

Craques lusas avaliam nova tática

No final de uma das exibições de melhor nível da seleção portuguesa, frente à Rússia, existe no seio do grupo uma ambivalência a gerir de forma positiva. Por um lado, é reconhecida a qualidade do desempenho coletivo, assimilando bem o novo modelo tático adotado pela equipa técnica liderada por Francisco Neto. Por outro, o resultado final do jogo frente à Rússia foi negativo.

“Sinto-me triste pela equipa porque não nos chega jogar bem, temos de ganhar”, desabafou à WUP Sports a internacional Tatiana Pinto. “Dei tudo o que tinha, como toda a equipa, mas faltou-nos também um pouco de sorte em alguns lances. Este esquema tático era novo para nós e não tivemos muito tempo de adaptação, mas estivemos atentas ao que os professores nos pediram e acho que fizemos um excelente trabalho”, avalia a jogadora do Bristol City.

Há também a noção de que a seleção portuguesa tem vindo a crescer e já impõe respeito às adversárias mais cotadas. “O Brasil é uma potência mundial, mas tenho a certeza que também olham para nós com respeito e como uma potência também. Portugal já é muito respeitado no plano internacional”, constata, ainda, Tatiana Pinto, antevendo já o jogo desta sexta-feira frente às canarinhas.

Por sua vez, Dolores Silva acredita que com o empenho do grupo será possível corrigir as fragilidades que subsistem. “Acabámos por sofrer um golo de uma forma que não queríamos. Temos de trabalhar para contrariar isso. Frente à Rússia procurámos ter mais bola e contrariar os seus pontos fortes e acho que o conseguimos. Fizemos uma boa exibição apesar do resultado negativo”, analisa.

A jogadora do USV Jena considera ainda que o novo modelo tático apresentado frente à Rússia foi bem sucedido. “Tivemos pouco tempo para afinar pormenores, tentámos cumprir com tudo o que nos foi transmitido a nível tático e acho que este modelo acabou por resultar. Conseguimos ter mais bola no meio e pressionar de forma eficaz que era o que pretendíamos”, conclui a internacional portuguesa.

 

 

Notícias Relacionadas

WUP Sports

WUP Sports

WUP Sports

Informamos que o site wup.pt não é atualizado desde dia 1 de junho de 2016, mas contém ainda todas as notícias e vídeos elaborados antes.

Para mais informações, contacte-nos através das nossas redes sociais ou e-mail (geral@wup.pt) e inscreva-se na nossa newsletter!

error: Conteúdo protegido