Cláudia Fidalgo de mãe a melhor jogadora
22/02/2016

Após uma época inteira afastada, recebeu dois prémios e foi campeã nacional de hóquei

Cláudia Fidalgo de mãe a melhor jogadora

Melhor jogadora, melhor marcadora, campeã nacional e, se a sua filha falasse, também ganharia o prémio de melhor mãe. Cláudia Fidalgo recebeu todas estas distinções, no dia 14 de fevereiro, depois de voltar ao hóquei quando a sua filha fazia seis meses, em setembro do ano passado.

Cláudia Fidalgo começou a jogar hóquei com apenas oito anos de idade, iniciando o seu percurso no Clube Recreativo da Cruz de Pau. “Fui, gostei e fiquei [no hóquei] até aos dias de hoje”, contou à WUP Sports. Passou pelo Grupo Desportivo e Dramático de Cascais e agora representa as cores do Lisbon Casuals Hockey Club. Foi também jogadora da Seleção Nacional de Hóquei de Sala e esteve presente em todos os europeus. “Infelizmente a atividade da seleção feminina está parada”, lamenta.

A atleta distinguida quatro vezes como melhor jogadora e melhor marcadora da fase final e duas como jogadora do ano ausentou-se na época 2014/15. “Fiquei grávida e por isso não competi, mas acompanhei sempre a equipa do lado de fora e não foi nada fácil.” Contudo, voltou aos treinos no início da época 2015/16 o que lhe valeu as recentes nomeações a semanas da sua filha fazer um ano.

“Receber os prémios de melhor marcadora e melhor jogadora da fase final de hóquei de sala foi muito bom, é verdade que estava um pouco nervosa, não é fácil voltar à competição e querer estar na melhor forma possível para ajudar a minha equipa. Contudo, só pensava que tinha de dar o meu melhor, todas as horas longe da minha filha tinham de valer muito a pena. A juntar aos prémios individuais fomos Campeãs Nacionais, o prémio que eu mais queria, tínhamos de ter aquela taça, trabalhamos muito para o conseguir, merecemos e muito”, explicou.

Cláudia relembra os tempos de gravidez em que o medo de abandonar o hóquei estava presente. “Estive lá sempre que me foi permitido. Dentro da barriga ela já reagia ao barulho dos sticks e da bola.” Logo que foi possível mãe e filha foram ver o primeiro jogo juntas. Agora, treina duas vezes por semana e tem um ou dois jogos ao fim de semana. O resto do tempo dedica-o à maternidade.

No futuro Cláudia Fidalgo vai continuar no hóquei “até ser capaz.” Neste momento o que conta é a preparação para representar o Lisbon Casuals no Campeonato Europeu de Clubes. “Já lá estivemos e não é fácil. É preciso muito trabalho e dinheiro. Precisamos de encontrar maneiras de sustentar a nossa presença”, explica, acrescentando que o que fazem é “por amor à modalidade e à camisola.”

 

Notícias Relacionadas

WUP Sports

WUP Sports

WUP Sports

Informamos que o site wup.pt não é atualizado desde dia 1 de junho de 2016, mas contém ainda todas as notícias e vídeos elaborados antes.

Para mais informações, contacte-nos através das nossas redes sociais ou e-mail (geral@wup.pt) e inscreva-se na nossa newsletter!

error: Conteúdo protegido